CEPSE

 

CEPSE – CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROTEÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS

No Brasil, o CEPSE é o curso de especialização pioneiro no assunto e conta com a experiência de doutores e profissionais do ensino de graduação, pós-graduação e cursos de aperfeiçoamento.

O CEPSE destina-se a capacitar

profissionais em assuntos pertinentes às áreas de proteção elétrica em nível avançado.

A proposta do programa é preparar os profissionais para que sejam especialistas em proteção de sistemas elétricos, considerando:

  • O ensino do ferramental básico para que possam compreender e participar do processo da proteção de um sistema elétrico de potência, desde o planejamento até a análise do desempenho dos dispositivos.

  • A transferência de conhecimento básico e avançado das diversas filosofias de aplicação de dispositivos e equipamentos de proteção nos diferentes componentes das redes elétricas.

  • O incentivo aos profissionais quanto ao entendimento e ao uso de avançadas técnicas de proteção de sistemas elétricos: relés numéricos, ferramentas de testes, dispositivos de automação, PMUs, localizadores de falta, etc.

  • O desenvolvimento de novas metodologias utilizadas pelos profissionais do setor elétrico e das indústrias, visando uma maior eficiência em todos os processos relacionados à área em questão.

  • Aspectos da automação de sistemas elétricos com o uso da norma IEC 61850.

  • Habilitação dos profissionais para a compreensão dos fenômenos relacionados aos eventos de sistemas elétricos e as soluções para a minimização de custos e a otimização do desempenho do sistema tendo em vista a qualidade da energia fornecida.

  •  Estado da Arte da proteção elétrica, não se esquecendo de relacionar a evolução tecnológica com o ambiente sócio-econômico e as políticas energéticas associadas.

    PÚBLICO ALVO

    O curso é aberto a todos os profissionais de nível superior, preferencialmente engenheiros eletricistas com formação em sistemas de potência, que tenham interesse em atuar ou que já atuam na área de proteção de sistemas elétricos em concessionárias de energia (geradoras, transmissoras e distribuidoras), órgãos de fiscalização e/ou regulamentação (ANEEL, ONS, etc.), empresas de consultoria, indústrias e fabricantes, universidades e centros de pesquisa.

    CONCEPÇÃO DO PROGRAMA

    O programa do curso oferece oito (8) disciplinas de 45 horas e uma (1) disciplina de 24 horas, totalizando 384 horas de carga horária, construindo o conhecimento através de uma sequência lógica e bastante didática:

    (i) Assuntos que formam a base do conhecimento para qualquer engenheiro da área: o ensino de ferramentas matemáticas e computacionais, através do uso de modernas técnicas de simulação mostrando o comportamento de redes elétricas frente aos distúrbios que podem nelas ocorrer.

    (ii) Ampla e detalhada visão dos diversos ferramentais da proteção elétrica, focando os vários equipamentos e dispositivos de modernas tecnologias existentes nas redes elétricas, bem como uma apresentação daquilo que ainda é convencional.

    (iii) As filosofias de aplicação (clássicas e modernas) das funções de proteção em cada subárea de um sistema de potência, sejam elas: Geração (máquinas rotativas), Transmissão (linhas áreas e subterrâneas, subestações, transformadores, compensadores, barramentos, etc.), Distribuição (alimentadores, cogeração) e Carga (motores, compensadores, outros). O curso oferece a oportunidade aos participantes de conhecerem o que de mais atual vem acontecendo na área em termos de aplicações computacionais em tempo real; novos algoritmos; novas ferramentas matemáticas, etc..

    (iv) Finalmente, o curso encerra com o enfoque na automação dos sistemas elétricos, tendo como base a IEC61850 e relés numéricos. Além disso, transmite também o conhecimento de alguns tópicos especiais relacionados à área de proteção (PMU – medição fasorial sincronizados via GPS, proteção adaptativa, localização de faltas, etc…).

    A fim de que o curso seja o mais abrangente possível, aulas práticas são realizadas utilizando-se modernos relés de proteção e equipamentos de testes para parametrização, integração e análise de desempenho, inclusive com o uso do RTDS.

    Em termos de laboratório o CEPSE conta com relés de proteção de alguns diferentes fabricantes (GE, Siemens, SEL), sendo que a maior parte é de fabricação da SEL – Schweitzer Engineering Laboratories Inc..

    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

    O conteúdo programático para a edição de 2023 está organizado da seguinte maneira:

    Módulo 1 – Análise de Faltas em Sistemas Elétricos – 45 horas

    Ementa básica:

  • Parte I – Teoria:
    • Introdução do módulo; PU; Bases e Circuito Monofásico Equivalente.
    • Representação básica de elementos do sistema (Transformadores e Máquinas Síncronas).
    • Representação básica de elementos do sistema (Linhas de Transmissão, Sistemas Equivalentes e Cargas).
    • Faltas Simétricas – Corrente de Curto-Circuito.
    • Faltas Simétricas – Teorema de Thevenin na Análise de Faltas.
    • Matriz [Z_BARRA] e sua relação com o Teorema de Thévenin.
    • Aplicação da Matriz [Z_BARRA] na análise de faltas trifásicas.
    • Componentes Simétricos, Matriz de Transformação, Potência em Componentes Simétricos.
    • Redes equilibradas com cargas desequilibradas; Análise de falta paralela (Shunt).
    • Análise de falta paralela (Shunt) – Circuito de quatro braços.
    • Circuito para Cálculo de Falta Shunt Geral e Aterramento de neutro.
    • Análise de Sistemas Elétricos – Circuitos de Sequência dos principais elementos do sistema elétrico de potência -Parte 1.
    • Análise de Sistemas Elétricos – Circuitos de Sequência dos principais elementos do sistema elétrico de potência – Parte 2.
    • Análise de Faltas Assimétricas aplicando Redes de Sequência – Parte 1.
    • Análise de Faltas Assimétricas aplicando Redes de Sequência – Parte 2.
    • Análise de Faltas Série em SEP – Teoria fundamental das falhas de condutor aberto.
    • Análise de faltas de condutor aberto em SEP.
  • Parte II – Aula Prática:
    • Estudo de caso de análise de sistemas utilizando os conhecimentos adquiridos.
    • Estudo de caso de análise de sistemas utilizando o software de análise de Curto-Circuito.
    Módulo 2 –Transitórios Eletromagnéticos em Sistemas de Potência – 45 horas

    Ementa básica:

  • Introdução aos transitórios eletromagnéticos.
  • Conceituação dos transitórios em redes elétricas.
  • Energização de Banco de Capacitores.
    • Aspectos gerais e diretrizes
    • Energização back-to-back
    • Avaliações gerais e análise de ressonâncias
  • Energização de transformadores e reatores
    • Aspectos gerais e diretrizes
    • Modelos no ATPDraw
    • Efeitos da saturação
    • Avaliação das correntes e impactos na proteção
    • Ferrorressonância
  • Energização em Linhas de Transmissão Aéreas.
    • Aspectos gerais e diretrizes
    • Simulação estatística do instante da falta e aspectos relacionados
    • Energização de LTs
    • Religamento tripolar e monopolar
    • Energização em LTs compensadas
    • Efeito de resistor de pré-inserção
    • Abertura de LTs – premissas e critérios
    • Rejeição de cargas
    • Análise do acoplamento mútuo em linhas paralelas; Tensões e Correntes Induzidas em Lâminas de Terra de Seccionadoras
  • Tensão de Restabelecimento Transitória (TRT).
    • Aspectos gerais e diretrizes
    • Abertura de defeitos terminais e quilométricos
    • Fator de primeiro polo
    • Abertura de LTs a vazio
    • Abertura em oposição de fases
  • Modelagem de máquinas síncronas para transitórios.
  • Modelagem de sistemas complexos para estudos de transitórios.
  • ANAREDE, ANAFAS, ATPDraw.
  • Penetração de geração distribuída (eólica, fotovoltaica).
  • Módulo 3 – Proteção de Equipamentos de Subestações – 45 horas

    Ementa básica:

  • Parte I – Teoria:
    • Aspectos Gerais da Proteção
    • Transformadores para Instrumentos
    • O problema da saturação dos TCs
    • Disjuntores de MT e AT
    • Relés de proteção – tecnologias
    • Funções básicas de proteção (50/51, 50/51N, 27, 59, 67, 67N, 87, 51BF, etc.)
  • Parte II – Teoria:
    • Conceitos gerais de SEs de AT
    • O transformador
    • Proteção de transformadores/ autotransformadores
    • Proteção de bancos de capacitores e reatores
    • roteção de barramentos
  • Parte III – Práticas Laboratoriais:
    • Introdução à mala de teste
    • Análise de transitórios em TCs
    • Configurações e testes de função de sobrecorrente
    • Exemplo prático de coordenação entre relés
    • Configurações e testes de função diferencial
    • Simulações computacionais
    • Introdução ao RTDS
    • Modelos e casos de testes
    • Simulações em hardware-in-the-loop
    Módulo 4 – Proteção de Máquinas Síncronas em Centrais Geradoras – 45 horas

    Ementa básica:

  • Parte I – Teoria:
    • Conceitos gerais sobre máquinas síncronas
    • Modelos de máquinas síncronas e limites operacionais
    • Introdução ao conceito de estabilidade angular transitória
    • Análise de estabilidade angular transitória
  • Parte II – Teoria:
    • Proteção de geradores síncronos
    • Conceitos gerais
    • Principais falhas
    • Aterramentos de geradores
    • Proteção do estator – aplicações
    • Sobrecarga (49)
    • Funções diferenciais (87, 87REF)
    • Faltas a terra no estator (59N, 27N, 64G)
    • Direcional de fase e de terra (67 e 67N)
    • Sobre e subtensão (59, 27)
    • Sobrecorrente (50/51)
    • Energização inadvertida (50AE)
    • Proteção de retaguarda (51V, 21)
    • Proteção bloco Gerador-Transformador
    • Proteção do rotor e turbina
    • Operação desequilibrada (46)
    • Antimotorização (32)
    • Perda de campo (40)
    • Out-of-step (78)
    • Faltas à terra no campo (64R)
  • Parte III – Práticas Laboratoriais:
    • Configuração de malas de testes e de relés
    • Testes em relés de proteção de geradores
    • Diferencial, perda de campo, perda de sincronismo, faltas a terra no estator
    • Modelos no RTDS e simulações
    • Testes de relés de proteção de geradores em hardware-in-the-loop
    Módulo 5 – Proteção de Linhas de Transmissão de AT e EAT – 45 horas

    Ementa básica:

  • Parte I – Teoria:
    • Conceitos gerais sobre Linhas de Transmissão (LTs)
    • Fundamentos da proteção de linhas de transmissão (LTs)
  • Parte II – Teoria:
    • Proteção de LTs por relés de distância (21)
    • Técnicas de medição de relés 21
    • Impedância medida durante o curto-circuito
    • Graduação de zonas e polarização de relés 21
    • Condições estáticas e dinâmicas no sistema e o relé 21
    • Função (68OSB) e função PPS 78 (x 68OST)
    • Esquemas de Teleproteção
    • Proteção de linhas compensadas
    • Proteção diferencial de linhas (87)
    • Influência de arranjos de Subestações
    • Outras proteções (50/51, 67N, 59)
    • Religamento automático (79, 25)
    • Proteção no domínio do tempo (TD 32, TD 21, TW32 e TW87)
  • Parte III – Práticas Laboratoriais:
    • Configuração de malas de teste
    • Parametrização de relés de linhas de transmissão
    • Análise de operação com mala de testes e/ou RTDS
    • Testes de diferentes funções em hardware-in-the-loop
    • Testes de esquemas de teleproteção
    Módulo 6  – Proteção de Sistemas Industriais – 45 horas

    Ementa básica:

  • Parte I – Teoria
    • Conceitos gerais sobre Sistemas Elétricos Industriais – SEIs
    • Questões sobre aterramento de neutro em SEIs
    • Cálculo de curto-circuito em SEIs
    • Dispositivos limitadores de corrente de curto-circuito em SEIs
    • Dispositivos de Proteção de Sistemas Industriais
    • Proteção de motores de indução
    • Estudo de seletividade em sistemas industriais
    • Estudo de Arc Flash
  • Parte II – Práticas laboratoriais:
    • Cálculo de curto utilizando software comercial
    • Estudo de seletividade utilizando software comercial
    • Parametrização de relés de motores de média tensão
    • Aplicação de hardware in the loop na avaliação do desempenho da proteção de motores de média tensão
    Módulo 7  – Proteção de Sistemas de Distribuição e Tópicos em Qualidade da Energia Elétrica – 45 horas

    Ementa básica:

  • Parte I – Teoria:
    • Conceitos gerais de Sistemas de Distribuição
    • Sistemas de Distribuição Aéreos
    • Proteção de Sobrecorrente de Sistemas de Distribuição Aéreos
    • Coordenação e Seletividade
    • Conceitos Gerais sobre Qualidade do Produto e Qualidade do Serviço
    • Interrupções de Regime Permanente – Causas, Efeitos e Indicadores
    • Variações de Tensão de Curta Duração (VTCDs) – Causas, Efeitos e Indicadores
    • Desequilíbrios de tensão – Causas, Efeitos e Indicadores
    • Influência da proteção nos indicadores de continuidade (FEC, DEC, FIC, DIC)
  • Parte II – Práticas laboratoriais:
    • Cálculo de curto utilizando software comercial
    • Estudo de Seletividade utilizando software comercial
    • Teste de sensibilidade de contatores comerciais frente a VTCDs
    • Influência do desequilíbrio de corrente na proteção contra defeitos à terra em alimentadores de média tensão
    Módulo 8 – Automação de Sistemas Elétricos – 45 horas

    Ementa básica:

  • Parte I – Teoria:
    • Introdução aos Sistemas de Automação
    • Automatização de Sistemas Elétricos
    • Sistemas de Automação de Subestações – SAS
    • Principais Configurações de Barra do Processo
    • Hierarquia de controle de um SAS – Teoria
    • Projeto de Intertravamentos de um SAS
    • Introdução à norma IEC 61850
    • Principais definições da norma IEC 61850
    • Protocolos definidos pela norma IEC 61850
    • Projeto de um SAS baseado na norma IEC 61850
    • Barramentos de comunicação de um SAS – Barramento de Estação
    • Barramentos de comunicação de um SAS – Barramento de Processo
    • SCADA para Sistemas Elétricos de Potência – Teoria
    • Sincronismo de Tempo
    • Automação e Segurança Cibernética
  • Parte II – Prática Laboratoriais:
    • Esquema convencional de uma hierarquia de controle de uma SAS
    • Aplicações da IEC 61850 (Parte 1) – Estudo de Casos
    • Aplicações da IEC 61850 (Parte 2) – Estudo de Casos
    • SCADA para Sistemas Elétricos de Potência
    • Esquema IEC 61850 de uma hierarquia de controle de uma SAS – Parte 1
    • Esquema IEC 61850 de uma hierarquia de controle de uma SAS – Parte 2
    Módulo 9  – Tópicos Especiais em Proteção de Sistemas Elétricos – 24 horas

    Ementa básica:

  • Primeiro dia:
    • Introdução aos sincrofasores (Phasor Measurement Units) e aplicações
  • Segundo dia:
    • Análise de ocorrência e perturbações em SEP
    • Descarte de cargas e controle de geração em sistemas industriais
    • Localização de faltas em linhas de transmissão e distribuição
  • Terceiro dia:
    • Proteção de fontes alternativas de geração de energia
    • Cyber segurança em redes elétricas
    Seminário CEPSE – SeCEPSE (16 horas)

    O Seminário CEPSE (SeCEPSE) faz parte da estrutura do curso e está integrado à realização da última disciplina/ módulo (Tópicos Especiais). Neste seminário de 16 horas de duração (2 dias), realizado no auditório do QmaP, acontecerão as apresentações/defesas das monografias dos alunos que frequentaram as disciplinas no ano anterior. O SeCEPSE é um evento público, sendo o convite estendido aos alunos e professores da Universidade, bem como profissionais de outras empresas.

     CALENDÁRIO CEPSE 2023 – 13° TURMA

    Sigla MÓDULO PERÍODO
    CEP 11 1 Análise de Faltas em Sistemas Elétricos 13/02 17/02
    CEP 12 2 Transitórios Eletromagnéticos em Sistemas de Potência 13/03 17/03
    CEP 19 3 Proteção de Equipamentos de Subestação 10/04 14/04
    CEP 20 4 Proteção Máquinas Síncronas em Centrais Geradoras 15/05 19/05
    CEP 15 5 Proteção de Linhas de Transmissão de AT e EAT 12/06 16/06
    CEP 16 6 Proteção de Sistemas Industriais 14/08 18/08
    CEP 17 7 Proteção de Sistemas de Distribuição e Tópicos Especiais em Qualidade da Energia Elétrica 11/09 15/09
    CEP 21 8 Automação de Sistemas de Potência 16/10 20/10
    CEP 18 9 Tópicos Especiais em Proteção de Sistema Elétricos 20/11 22/11
    SeCEPSE Seminário CEPSE (opcional-depende de público) 23/11 24/11

    INVESTIMENTO

    O valor do investimento é de R$ 3.200,00 (três mil e duzentos reais) por módulo exceto para o último, cujo valor será de R$ 1.900,00 (hum mil e novecentos reais), totalizando o investimento de R$ 27.500,00 (curso completo). Estão incluídos: aulas teóricas e práticas, materiais didáticos de cada módulo; utilização de equipamentos especializados (relés, caixas de testes, simulador em tempo real), coffee-break (manhã e tarde) e festa de confraternização ao final do curso.

    INSCRIÇÕES

    A inscrição para o processo seletivo é on-line somente através do site www.unifei.edu.br. O acesso ao link é realizado através do menu principal -> Ensino -> Especialização -> Processos Seletivos. OBS: Para maiores informações contate a FUPAI via e-mail fupai@fupai.com.br

    A Edição de 2023 está em andamento. A edição 2024 deverá abrir inscrições no quarto trimestre de 2023.

    (Antes desta data FAÇA SUA PRÉ-INSCRIÇÃO em http://www.fupai.com.br/inscrevase.php)

    LOCAL DO CURSO

    O curso ocorre na Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI, situada na AV. BPS, 1303 – Pinheirinho – Itajubá/MG.

    CRITÉRIOS DE SELEÇÃO

    É pré-requisito do CEPSE que o pretendente tenha formação superior preferencialmente em engenharia elétrica, área de sistemas elétricos de potência. Também podem se inscrever candidatos com formação superior em eletrônica ou telecomunicação, conforme edital. A seleção dos candidatos, quando ultrapassar o número limite de vagas, atualmente em 30, será realizada a partir de análise dos seguintes documentos endereçados à Pró-Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UNIFEI ou à secretaria do QMAP (secretariaqmap@unifei.edu.br):

    – Curriculum vitae do candidato (critérios conforme edital);

    – Projeto de Pesquisa (conforme edital);

    A análise dos documentos no processo de seleção é realizada por uma comissão específica composta pelo coordenador do curso e mais 2 (dois) docentes por ele designados, de acordo com a Norma dos Cursos de Especialização.

    CERTIFICAÇÃO

    A certificação de “Especialista” em Proteção de Sistemas Elétricos é chancelada pela Universidade Federal de Itajubá, no prazo que lhe é próprio, vencida todas as etapas documentais.

    APROVEITAMENTO DOS EGRESSOS NO MERCADO

    A grande maioria dos alunos do CEPSE já está no mercado de trabalho. Normalmente são profissionais consolidados em suas empresas, porém que podem assumir novos postos de trabalho, ascendendo em suas profissões em função da especialização adquirida com o curso. Cabe mencionar que este curso de especialização abre oportunidades para o desenvolvimento de um trabalho de mestrado. O aluno que assim desejar deverá se inscrever no processo seletivo do curso stricto sensu. Uma vez aceito, o aluno será avaliado em função do seu desempenho no CEPSE e poderá ter seus créditos validados para o mestrado em engenharia elétrica da UNIFEI. Exige-se do aluno a realização da disciplina “Estudo Orientado”, cuja média final deverá ser de 7 (sete) na avaliação do professor orientador.

     VALIDAÇÃO DE CRÉDITOS

    A validação de créditos do CEPSE para o curso stricto sensu (mestrado) somente poderá ser realizado caso o aluno tenha obtido média maior ou igual a 7 (sete) nas disciplinas a serem validadas, incluindo a Aprovação na monografia.

    Além disso, tal validação não é automática. Ela terá que passar por aprovação do Comitê de Pós-Graduação após o candidato se submeter ao processo seletivo de pós-graduação stricto sensu.

    CORPO DOCENTE

    Prof. Dr. Aurélio Luiz Magalhães Coelho: Graduado em Engenharia Elétrica com ênfase em Sistemas Elétricos pela Universidade Federal do Maranhão (2009). Mestre na área de Sistemas Elétricos de Potência pela Universidade Federal de Itajubá (2011), onde também realizou seu doutorado (2016). É professor na Universidade Federal de Itajubá, campus Itabira, desde 2014. Suas áreas de interesse são: proteção de sistemas elétricos de potência e qualidade da energia elétrica.

    Prof. Dr. Carlos Alberto Villegas Guerrero: Engenheiro eletricista formado em 2009 pela Escuela Superior Politécnica del Litoral (ESPOL), Guayaquil – Equador. Trabalhou como técnico nas áreas de Construção e Manutenção de Subestações Elétricas do Sistema Nacional de Transmissão (SNT) do Equador, no período de 2005 a 2009. Recebeu os títulos de Mestre em Ciências da Engenharia Elétrica e Especialista em Proteção de Sistemas Elétricos pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), Itajubá (MG) – Brasil, em 2011 e 2012, respectivamente. Em 2016 trabalhou como Professor Convidado e Pesquisador na ESPOL. Atualmente é professor da UNIFEI. Irá defender seu trabalho de doutorado até outubro de 2018. Tem especial interesse nas áreas de Proteção, Controle, Automação e Análise de Sistemas Elétricos de Potência e Distribuição.

    Prof. Dr. Frederico Oliveira Passos: Professor Adjunto pela Universidade Federal de Itajubá. Doutorado em Engenharia Elétrica, ênfase em Sistemas Elétricos de Potência, pela Universidade Federal de Itajubá (2015) com o tema “Localizador da Fonte de AMTs baseado nas Medições das Tensões de Fronteira”. Obteve título de mestre em Engenharia Elétrica na mesma instituição de ensino em 2010 com o tema “Solução para Localização de Faltas em Linhas de Transmissão Não Transpostas baseada em Sincrofasores e Algoritmo Genético”. Paralelamente, concluiu o Curso de Especialização em Proteção de Sistemas Elétricos (CEPSE), alcançando o título de especialista em proteção em 2009. Foi diretor acadêmico da UNIFEI – Campus Itabira, Coordenador do Curso de Engenharia Elétrica Campus Itabira e Chefe de Laboratório de Máquinas Elétricas. Leciona aulas de Análise de Sistemas Elétricos, Sistemas de Transmissão e Distribuição, Proteção de Sistemas Elétricos, Circuitos Elétricos, Laboratório de Máquinas Elétricas e Eletrotécnica Geral. Atua nas áreas Proteção Elétrica e Qualidade da Energia.

    Prof. Dr. Gustavo Paiva Lopes: Possui graduação em engenharia elétrica (2008), mestrado (2013) e doutorado (2016) na área de Sistemas Elétricos de Potência, com foco em Técnicas em Alta Tensão e Ensaios Dielétricos. Atua desde 2011 como membro do Laboratório de Alta Tensão (LAT-EFEI), onde participou do projeto de P&D intitulado Coordenação de Isolamentos em Redes de Média Tensão com Neutros Ressonantes em parceria com a AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia e a Universidade de Bologna, na Itália (2012-2014). Ingressou como docente da UNIFEI – Instituto de Sistemas Elétricos e Energia em 2016. Atualmente, desenvolve pesquisas voltadas para a área de ensaios dielétricos com tensões impulsivas utilizando formas não padronizadas em isoladores e equipamentos de distribuição de energia elétrica. É membro da comissão formada pelo LAT-EFEI para a execução, fiscalização e acompanhamento do PBE – Programa Brasileiro de Etiquetagem de Transformadores de Distribuição em Líquido Isolante, coordenado pelo INMETRO/CEPEL. Possui interesse nas áreas de engenharia de alta tensão, ensaios dielétricos em equipamentos e materiais para a distribuição de energia elétrica, simulações envolvendo transitórios eletromagnéticos e coordenação de isolamentos em sistemas elétricos.

    Prof. Dr. Ivan Paulo de Faria: Possui Graduação em Engenharia Elétrica (2010), Mestrado (2012) e Doutorado (2016) na área de Sistemas Elétricos de Potência pela Universidade Federal de Itajubá. Atuou de 2011 a 2015 como pesquisador do Laboratório de Alta Tensão (LAT-EFEI), participando de projetos de P&Ds, ensaios em equipamentos de média tensão e do Programa Brasileiro de Etiquetagem de Transformadores de Distribuição. Atualmente é professor Adjunto II da Universidade Federal de Itajubá, Campus de Itabira, na área de Sistemas Elétricos de Potência, lecionando disciplinas de Estabilidade de Sistemas Elétricos e Máquinas Elétricas. Suas áreas de interesse são: Estabilidade de Sistemas Elétricos de Potência, Análise de Curto-circuito, Fluxo de Potência, Transitórios Eletromagnéticos, Máquinas Elétricas, Ensaios em Equipamentos Elétricos.

    Prof. Dr. José Maria de Carvalho Filho: Possui especialização em Sistemas Elétricos, curso CESE pela Escola Federal de Engenharia de Itajubá, EFEI em 1992. Obteve o título de Mestre em Ciências pela EFEI em 1996, tendo trabalhado com o tema Flutuações de Tensão. Recebeu o Título de Doutor em Engenharia Elétrica também pela EFEI no ano de 2000, tendo trabalhado com Afundamentos de Tensão. Possui ampla experiência prática em projetos e consultorias de sistemas industriais e distribuição. Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Unifei. Atualmente é professor Associado III no Instituto de Sistemas Elétricos e Energia (ISEE) e Coordenador Adjunto do GQEE/ QMAP. Vem desenvolvendo suas pesquisas nas áreas de interesse tais como, qualidade da energia elétrica e proteção de sistemas elétricos.

    Prof. Dr. Mauricio Campos Passaro: Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (1994), mestrado em Engenharia Elétrica na área de Sistemas Elétricos de Potência pela Universidade Federal de Itajubá (2002) e Doutorado em Engenharia Elétrica pela COPPE/UFRJ na área de Sistemas de Energia (2013). Atualmente é Professor Adjunto na Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI e atua nas áreas da Análise de Sistemas Elétricos, Transmissão de Energia Elétrica e Estabilidade de Sistemas Elétricos de Potência. Foi engenheiro sênior do Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, atuando principalmente nas seguintes áreas: Simulação no Domínio do Tempo, Análise de Segurança de Sistemas Elétricos de Potência e Computação de Alto Desempenho, Controle Aplicado a Sistemas de Potência, Transitórios Eletromecânicos e Modelagem Matemática de Sistemas. Trabalhou na VATech T&D Ltda na área de FACTS (Flexible AC Transmission Systems) em estudos elétricos e na Alstom Brasil em projetos de sistemas de comando, proteção e controle de centrais termelétricas.

    Prof. Dr. Paulo Márcio da Silveira (Coordenador): Graduado em Engenharia Elétrica pela Escola Federal de Engenharia de Itajubá – EFEI – em 1984. Recebeu o título de Mestre em Ciências também EFEI em 1991, tendo desenvolvido no seu trabalho de mestrado um sistema didático de tempo real, para treinamento na área de Proteção de Sistemas Elétricos. Em agosto de 2001 recebeu também o título de Doutor em Engenharia pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Durante o período de doutoramento trabalhou com a Teoria Wavelet aplicada na supervisão/proteção de linhas de transmissão. Em 2007 trabalhou como Pesquisador Visitante no Center for Advanced Power Systems (CAPS) na Florida State University (FSU), Tallahassee, EUA, onde teve importante participação na obtenção de uma patente (US-8067942). Trabalhou na Albrás – Alumínio do Brasil Ltda. (Belém, PA) e na Balteau Produtos Elétricos (Itajubá) no período de 1985 a 1988. Pertence ao quadro de professores do Instituto de Sistemas Elétricos e Energia (ISEE) da UNIFEI, sendo atualmente professor Titular. Foi Diretor deste Instituto de 2011 a 2015. Desde 1993 vem ministrando aulas na graduação e na pós-graduação lato e stricto sensu, incluindo o Curso de Engenharia de Sistemas Elétricos – CESE e o Curso de Especialização em Proteção de Sistemas Elétricos – CEPSE. É Coordenador do GQEE (Grupo de Estudos em Qualidade da Energia Elétrica) e Coordenador do Centro de Estudos em Qualidade da Energia e Proteção Elétrica (QMAP). Tem orientado trabalhos de formação acadêmica, desenvolvido pesquisas e prestado consultorias para empresas como ANEEL, Bandeirantes, CEMAT, Light, etc. Foi secretário executivo da 10th IEEE PES ICHQP – International Conference on Harmonics and Quality of Power, em 2002. Foi membro (2008-2011) e Coordenador (2011) da Câmara Técnica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG). É um dos autores do livro Time-Varying Waveform Distortions in Power Systems e do Livro Power Systems Signal Processing for Smart Grids, ambos editados pela Wiley&Sons. Foi bolsista do Programa Pesquisador Mineiro – PPM e foi Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2. Suas áreas de interesse são Proteção de Sistemas Elétricos, Qualidade da Energia Elétrica, Processamento de Sinais e Redes Elétricas Inteligentes.
    Lattes: http://lattes.cnpq.br/3583817683372046

    Prof. Dr. Ronaldo Rossi: Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá-UNIFEI (1972), tendo realizado seu mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica também pela UNIFEI respectivamente em 1975 e 2000. Realizou em 2003 seu programa de Pós-doutorado na Ècole Polytechnique de Montreal (EPM) em Montreal / Canadá. Foi professor da UNIFEI de 1973 a 1992 e professor em regime de tempo parcial no Departamento de Engenharia Elétrica (DEE) da Faculdade de Engenharia da UNESP/FEG em Guaratinguetá/SP e no DEE da Universidade de Taubaté. É consultor técnico desde 1978 da FUPAI – Fundação de Pesquisa e Assessoramento à Industria em Itajubá/MG. Sua experiência profissional está voltada para a Eletrotécnica Geral, Análise e Proteção de Sistemas Elétricos e Subestações Elétricas de Alta Tensão, atuando principalmente nas seguintes áreas: operação, monitoração, proteção, controle e manutenção de subestações de MT/AT.

    Prof. Dr. Thiago Clé de Oliveira: Possui mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (2006) e doutorado em Engenharia Elétrica (2008). Atualmente é Professor Adjunto II e Pró-Reitor Adjunto de Graduação na Universidade Federal de Itajubá. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Sistemas Elétricos de Potência. Atuando principalmente nos seguintes temas: Coordenação e Seletividade da Proteção, Qualidade da Energia Elétrica.

    OUTRAS INFORMAÇÕES

    Para maiores informações, entrar em contato com a Fundação de Pesquisa e Assessoramento à Indústria – FUPAI. Telefone: (35) 3629-3500 ou fupai@fupai.com.br.


    Prof. Paulo Márcio da Silveira – UNIFEI
    Coordenador
    (35) 3629-1785/1786

     

     

FOTOS